Inês Ornelas
Foi no Centro de Línguas de Oliveira de Azemeis, que completei os cursos de Inglês e Francês. Estes não só melhoraram o meu perfil profissional, como também me catapultaram para oportunidades internacionais. As línguas são, de facto, uma das chaves para o sucesso e o CLOA diferencia-se pela dedicação que o seu corpo docente tem para com os alunos.
Joaquim Jorge Ferreira

O conhecimento das línguas tem, hoje, uma elevada importância para se ter sucesso no mundo competitivo em que vivemos.

O domínio de uma, ou mais línguas, é determinante para a valorização dos jovens e para a sua integração profissional. Desde a sua criação, o Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis (CLOA) tem dado um contributo fundamental na formação e no aprofundamento dos conhecimentos linguísticos de milhares de alunos.

No mundo global em que vivemos e num concelho altamente industrial e exportador como é o de Oliveira de Azeméis o ensino linguístico é decisivo na medida em que dominar um ou mais idiomas é uma grande vantagem competitiva.

Através do seu ensino de qualidade, o CLOA prepara crianças, jovens e adultos para enfrentar os desafios da sociedade naquela que é a sua nobre missão.

Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis

Oliveira de Azemeis, 2 de junho de 2020

 

António da Silva Rodrigues

É com enorme prazer, que testemunho a grande importância que o Centro de Línguas de Oliveira de Azemeis, representou e representa, para o Grupo Simoldes e seguramente para o Comércio e Indústria de todo o Concelho.

Temos nos nossos quadros inúmeros colaboradores que, dominam com desenvoltura o Francês, o Inglês ou o Alemão. O domínio das línguas estrangeiras foi, é e continuará a ser, extremamente importante para dinamizar a vertente exportadora e de internacionalização do nosso Grupo.

Os alunos que saiam das escolas, liceus, ou universidades, tinham por vezes um fraco domínio de línguas estrangeiras e reparámos, que os que apresentavam no seu curriculum a frequência do CLOA se destacavam dos demais, o que constituía um factor de diferenciação na sua contratação.

A Simoldes, desde há alguns anos, tem tido, uma colaboração estreita com o CLOA, com a criação de cursos de formação de Inglês, Francês e Alemão, que decorrem nas instalações do nosso grupo.

Reconhecemos, ao CLOA a importância da visão estratégica da sua existência, da continuidade da sua actividade, e do trabalho desenvolvido ao longo de todos estes anos em promover o conhecimento das línguas, que permite um melhor desempenho de todos os colaboradores.

Gostaria de mencionar uma figura muito importante na base deste projeto, que foi a professora/diretora do CLOA durante muitos anos, a nossa de todos conhecida “Miss Almeida”, que sempre manteve e lutou para manter o Centro de Línguas em funcionamento, com uma qualidade de ensino de excelência.

Por nunca ter desistido, o meu muito Obrigado.

Faço votos, para que a instituição continue esse desiderato de promover a cultura e línguas estrangeiras, num nível superior, no Concelho de Oliveira de Azemeis.

Felicidades e Muito Obrigado,

Presidente do Grupo Simoldes

Oliveira de Azemeis, 15 de maio de 2020

Miss Almeida

Um sonho realizado

A minha ida para Inglaterra tinha um único objetivo: estudar e aprender bem a língua inglesa para em Portugal lecionar ou usar "English" como algo que iria ser muito importante para o futuro. Eu tive essa visão!

Depois de ter dado aulas num colégio em Macieira de Cambra e no Instituto em S. João da Madeira, a minha terra, Oliveira de Azeméis, não podia ficar esquecida.

Então, foi com a orientação do Instituto Britânico do Porto e com o apoio da Câmara Municipal, que logo se disponibilizou para encontrar espaço no antigo liceu, na Rua António Alegria, onde também já funcionava o Instituto de Francês, que em outubro de 1971 iniciei o então chamado Instituto de Inglês. Esta minha iniciativa foi muito bem aceite, tendo logo de início uma grande adesão. Ensinei gerações!

Mais tarde vieram as outras línguas: alemão e espanhol.

Entretanto tivemos que mudar de instalações para o Edifício Rainha, onde depois nasceu o Centro de Línguas. 

Quando deixei o Centro de Línguas em 2012, eu sabia que a nova diretora pedagógica, Cristina Gonçalves, a quem passei esse legado, seria a pessoa indicada para continuar o meu trabalho. Assim tem sido, e muito mais!

Desejo-lhe a ela como a todas as professoras um futuro muito próspero, pois o Centro de Línguas vai continuar a crescer... "Take my word"

Maria Amélia Almeida (Miss Almeida)